Resultados da semana 28 e 29/11

Juniores 28/11 15 h Sobreirense Baltar 0 – 1
Juvenis 29/11 09 h Sobreirense Aves 3 – 6
Iniciados 29/11 11 h Sobreirense Vandoma 3 – 1
Infantis 28/11 14 h Aliados Sobreirense 0 – 0
Escolas 28/11 9h30′ Nun’Alvares Sobreirense 3  – 1

5 Comentários a “Resultados da semana 28 e 29/11”

  1. mourinho diz:

    E assim, é importante referir k esta é a 1ª derrota dos juniores do sobreirense, apos 7 jogos ja efectuados.
    Espero k esta derrota represente para a ekipa uma especie de “abrir os olhos”, pois o campeonato nao e facil e aproximam-se jogos extremamente dificeis, em k a ekipa tera de se unir e ser muito forte para levar a vitoria em todos os jogos k ai veem, para conseguirmos atingir o nosso tao ambicionado objectivo, a conquista do campeonato.
    e tenho também a certeza de k esta derrota não influenciara, de modo algum, o espírito de grupo desta grande equipa k formamos e agora e ao longo do campeonato iremos consolidar e torna-la, jogo após jogo, muito mais forte…

    FORÇA DE VONTADE ESPÍRITO DE GRUPO UNIÃO MENTALIDADE CRIATIVIDADE ESPERANÇA DETERMINAÇÃO E AMBIÇÃO .

    E ISTO K PRECISAMOS PARA SERMOS CAMPEÕES!

    FORÇA SOBREIRENSE!

    VAMOS CONSEGUIR!

  2. shift diz:

    Má semana pros infantis que não consegiuram mais do que um empate a 0… para a proxima semana é obrigatorio ganhar ao cete… FORÇA INFANTIS…

  3. Zé Fernando diz:

    Como pessoa que segue com atenção o ambiente da Blogosfera, leio com atenção tudo o que se escreve nos espaços do Nun´Álvares e do Sobreirense e um dos temas de que muito se fala diz respeito à formação. Ora, fazendo eu parte do sector de formação do I.S.C. Sobreirense, sabendo que há sempre alguém preocupado com tudo que faça ou diga e tendo em conta o episódio por mim vivido, no jogo Nuno-Sobreirense, impõe-se que conte, na 1ª pessoa, aquilo que realmente se passou:

    Quando faltava cerca de 1 ou 2 minutos para o final do jogo e o resultado se cifrava em 3-1, o sr. Árbitro deu uma corrida na minha direcção e tivemos este diálogo:

    – Sr. Treinador, ou tira o jogador nº 17 ou eu expulso-o!

    РMas tiro-o porqu̻? O que foi que ele fez?

    – Já lhe disse, tiro-o ou expulso-o?

    РMas tiro-o porqu̻? Como o posso castigar se ṇo o vi portar-se mal?

    РTira-o ou ṇo tira?

    РUma vez que ṇo me diz o que foi que ele fez, ṇo tiro!

    O árbitro afastou-se na direcção do delegado, dizendo que o jogador nº 17 estava expulso, voltando de seguida para junto do Treinador, no mesmo estado alterado, para lhe dizer:

    – Quer meter outro atleta no lugar do nº 17 ou fica a jogar com menos um?

    РṆo quero meter ningu̩m no lugar dele. Fico a jogar com menos um.

    – Então está expulso! Faça favor de se retirar.

    РMas, expulso porqu̻?

    – Já lhe disse, faça o favor de se retirar!

    Retirei-me mas voltei a trás para cumprimentar o sr. Árbitro e no caminho cumprimentei o Juiz de linha desse lado. Entretanto o jogo terminou e eu aguardei a chegada da equipa de arbitragem para cumprimentar o outro juiz de linha e providenciar para que os meus atletas mantivessem a atitude dos outros jogos e também cumprimentassem a equipa de arbitragem. Todos cumprimentaram.

    Isto foi exactamente o que se passou e se alguma mente mal formada vier dizer ou escrever o contrário, MENTE DESCARADAMENTE e isso eu não admito.
    Como sei o que a casa gasta, deixo aqui este esclarecimento.

    Zé Fernando

  4. O JUSTO diz:

    Eu, como pai de um jogador dos “escolinhas”, dou o meu apoio ao treinador Zé Fernando.

    Para falar mais correctamente, o árbitro desse jogo (Nun’Alvares 3 – 1 I.S.C. Sobreirense), foi um sacana, que mesmo frente a crianças, roubou-as e riu-se na cara deles!

    Concluṣo Рestava comprado!

    Estes miúdos, que jogam com o coração, que já perderam por 5 e por 9, nunca choraram no fim dos jogos!

    Neste jogo, foi como se lhes dar uma facada nas costas!

    Um golo marcado após uma “mão” na bola que não foi assinalada, dois penaltis claríssimos a favor do Sobreira, e muitas jogadas de risco provocadas pelo Nun’Alvares, demonstram a parcialidade do Sr Árbitro em relação ao resultado que mais lhe convinha!

    Estes tipos, de negro, só estão aí para denegrir a sua própria imagem!

    É pena que estes clubes fracos, não consigam suportar processos-crime contra essas pessoas “idónias”, e a estes processos não se lhes dar a importância devida!

    Ainda por cima, o árbito recebeu um elogio por parte do jogador que se portou mal: chamou-lhe morcão!
    É claro que este míudo tinha toda a razão, porque até um cego conseguia ver um penalti claríssimo na área do Nun’Alvares.

    FORÇA, MIÚDOS!

    COM OS ERROS DOS OUTROS, VOCÊS GANHAM MAIS FORÇAS PARA OS COMBATER!

  5. Pois sim... diz:

    A lenga lenga do costume…

Comentar